Resultados qualitativos dos efeitos diretos de obras de infraestrutura em áreas de corpos hídricos

Introdução


A água é um recurso natural essencial para a vida, mas sua versão potável está cada vez mais escassa devido a poluição, por isso é fundamental o Monitoramento dos Recursos Hídricos durante os processos construtivos que possam vir a prejudicar a qualidade da água.

Os rios Jundiaí e Pitimbu, os quais cruzam a duplicação da BR304/RN – Reta Tabajara, contam com o monitoramento do Grupo Zago durante todo o processo de duplicação do trecho, como formar de acompanhar e levantar informações a fim de prevenir uma possível deterioração do corpo de água.


O Desafio

Mediante os problemas que as intervenções humanas, como empreendimento rodoviários podem causar nos rios, se faz necessário a análise físico-química dos corpos hídricos, a fim de identificar degradação ambiental no ecossistema aquático ocasionado pela obra

O Grupo Zago conta com sua equipe multidisciplinar para o monitoramento quadrimestral dos rios, atendendo a todas as recomendações das normas, diretrizes técnicas e do Plano Ambiental Básico - PBA da obra. Com o objetivo de mitigar, prevenir e identificar qualquer alteração nos parâmetros estabelecidos pelo CONAMA n° 357/2005.


A solução


Em busca de atender as necessidades dos nossos clientes nossa equipe, atende todas as recomendações e diretrizes necessárias buscando embasamento teórico, estudos de caso e implementações de ferramentas tecnológicas de gestão, o IVUUP.

Visando alcançar a gestão eficiente dos corpos hídricos executamos campanhas quadrimestrais nos dois rios ao longo de toda a duplicação, sendo essas acompanhadas de análises in loco, parâmetros físico-químicos, registros fotográficos e utilização de imagens aéreas.


UAU Zago


Nossa equipe multidisciplinar busca sempre o “além do previsto”, tendo em vista que o meio ambiente é um ecossistema complexo que envolve diversos contexto e fatores.

Para isso implantamos metodologias e estudos que compreendessem esses parâmetros interlaçados, então utilizamos o Índice de Qualidade da Água – IQA adotado pela CETESB que é determinado pelo produto ponderado dos resultados correspondentes aos parâmetros: Temperatura da amostra, pH, Oxigênio Dissolvido (OD), Demanda Bioquímica de Oxigênio (DBO), Nitrogênio Total, Coliformes fecais, Fósforo Total, Sólidos Totais e Turbidez. O índice é calculado utilizando a fórmula:

onde,

IQA = Índice de Qualidade das Águas (número entre 0 a 100);

qi = qualidade do i-ésimo parâmetro (número entre 0 a 100, obtido do respectivo gráfico de qualidade em função de sua concentração ou medida);

wi = peso correspondente ao i-ésimo parâmetro, atribuindo em função da importância desse parâmetro para a conformação global da qualidade (número entre 0 e 1);

n = número de parâmetros que entram no cálculo.


Ainda segundo a metodologia da CETESB, a qualidade das águas, indicada pelo IQA, são classificados em faixas, conforme apresentado na tabela abaixo.

Coleta de amostra para análise dos parâmetros.
Avaliação dos parâmetros in-loco com aparelho digital de multiparâmetros.

Resultados


Segundo a Agência Nacional de Águas (ANA), determinar parâmetros que indique a qualidade das águas é uma ferramenta importante para nortear ações de planejamento e gestão.


Assim, o Monitoramento dos Recursos Hídricos efetuado pelo Grupo Zago é dado de forma eficiente, planejada e atenta a compreensão do meio de forma complexa e totalitária.

O que traduz a excelência dos nossos serviços, a satisfação dos nossos clientes e a prevenção do meio ambiente, alcançando nossa missão.


Conclusão


Os resultados obtidos através de atendimentos contratuais e da legislação pertinente, juntamente com ações e ferramentas de gestão ambiental, conseguimos garantir com base em dados, a qualidade nos recursos hídricos. O Grupo Zago traz consigo um padrão nos seus serviços e assegura a certeza das tomadas de decisões empregadas na mitigação dos impactos.


Desse modo, o monitoramento dos Recursos Hídricos interceptados pela obra da duplicação da Reta Tabajara, vem ao longo de suas doze campanhas monitorando a qualidade da água, mitigando os impactos e garantindo a qualidade dos ecossistemas aquáticos.











5 visualizações0 comentário