Buscar
  • Carlos Henrique

Tecnologia e meio ambiente: o que é o processamento digital de imagens?



O processamento digital de imagens (PDI) no licenciamento ambiental

O Processamento Digital de Imagens (PDI) pode ser definido como sendo a aplicação de um conjunto de técnicas computacionais com a finalidade de melhorar a visualização de certos aspectos de uma imagem, facilitando assim a identificação visual de estruturas de interesse, como a análise de recursos naturais, meteorologia etc.


O processo como um todo pode ser dividido em 03 etapas: Pré-Processamento, Realce e Classificação.


  1. A primeira etapa, chamada de Pré-Processamento, consiste no processamento inicial dos dados da imagem. Sabe-se que uma imagem é formada por um conjunto de pixels e, sendo assim, eles passam por um processo de tratamento, eliminando dados discrepantes e que somente iriam atrapalhar na execução da etapa seguinte.

  2. A próxima etapa, chamada de Realce, utiliza as imagens de interesse para os processos de correção do contraste e brilho, e na suavização de certas propriedades da imagem. Dessa forma, o principal objetivo dessa etapa é melhorar a qualidade da imagem, aumentando o contraste visual dos vários objetos que compõem ela e a preparando para a última etapa.

  3. Por último, a Classificação permite que os vários objetos destacados na etapa anterior sejam classificados em classes diferentes por meio do uso de algoritmos classificadores de Inteligência Artificial, agrupando em uma mesma classe objetos semelhantes. Assim, é feito a distinção das várias estruturas de interesse presentes em uma imagem.


Como a Zago atua há mais de 10 anos no mercado de Consultoria Ambiental e conta com um time de profissionais multidisciplinares, o Licenciamento Ambiental é um dos serviços do seu portfólio. Usando o PDI, possibilita a identificação dos recursos naturais presentes em uma determinada área, por exemplo, permitindo assim a avaliação prévia de possíveis impactos ambientais que a execução de uma dada atividade econômica poderá ocasionar naquela região. Dessa forma, avaliando todas essas possíveis consequências previamente, aumenta-se a segurança na execução do projeto, permitindo assim o total equilíbrio entre desenvolvimento econômico e preservação ambiental.



 


3 visualizações0 comentário